Ver a minha lista (3)
Informação de destaque
Alentejo

No Alentejo viaja-se naturalmente com e pela História.

A abundância e a qualidade do Património que a exprime tornam simples a sua descoberta, mas quem visita a região pela primeira vez pode sentir alguns problemas de escolha. Se é o seu caso, não hesite: opte pelas nossas sugestões e verá que a magia do Alentejo se encontra, com um infinito prazer, em todos os lugares.

A beleza da paisagem e a qualidade do seu património arqueológico, monumental, arquitectónico e etnográfico, a par da excelência da sua gastronomia e vinhos, conferem-lhe condições de exceção para uma descoberta que associe o turismo de natureza e o turismo cultural.

 

Para se conhecer bem o Alentejo é preciso visitá-lo em todas as estações. A paisagem muda muito ao longo do ano e são sazonais as actividades rurais mais interessantes que podem observar-se.    

Subitamente, os amarelos tomam a paisagem. É entre Junho e Julho que se faz a ceifa das searas, momento por excelência para imaginar, no pino do calor, a vida dos homens e das mulheres que, há uns anos atrás, faziam à mão e de sol a sol o que hoje é feito por ceifeiras-debulhadoras e máquinas de enfardar. Mais tarde, quando ouvir o cante alentejano vai percebê-lo melhor.

Mas não é só o amarelo da secura que se vê na paisagem: nos meses de verão pode ver o brilho dos campos de girassol e de tremocilha, a exuberância do verde das vinhas e, na envolvente das albufeiras que alimentam o regadio do Alentejo interior, as cores fortes do milho e das culturas hortícolas. No vale do Sado é um momento por excelência para ver os arrozais e, sobre eles, as pinceladas rosa e branco do voo dos flamingos.

Em qualquer altura do ano, sempre que sentir no ar o cheiro forte da madeira queimada, pare e vá espreitar os fornos tradicionais de carvão de azinho ou de oliveira. 

Se estiver no litoral, visite um porto de pesca. Aqui, como em todo o mundo, os pescadores são gente arrojada e só não saem para o mar quando não podem. Vá vê-los partir em busca de tudo o que marca a diferença da gastronomia alentejana da costa e, no regresso, assista à animação da lota.

Parece suspensa como a quilha de um barco que navega na planície sobre o monte de Monsaraz, protegida pelo castelo do século XIV.

Para quem pela primeira vez entra pela Porta da Vila, a sensação só pode ser de espanto. Prepare-se, porque vai entrar num museu vivo.

Este património nacional de xisto e cal revela na sua pequena dimensão uma tal coerência arquitetónica e cultural que nos transporta para a Idade Média, com a vantagem de podermos contar com as comodidades contemporâneas, como os restaurantes que servem autênticas pérolas da gastronomia alentejana.

A viagem no tempo prossegue fora das muralhas, onde existem vestígios de todas as eras, incluindo monumentos megalíticos e, mesmo no arrabalde, uma necrópole pré-romana. Sendo uma das mais antigas povoações do Sul, coube-lhe ao longo dos séculos um papel decisivo como parte do sistema defensivo contra os espanhóis.

Maravilhe-se com as vistas para os campos e para a Barragem do Alqueva. E não deixe de passar a noite em Monsaraz: as luzes e as sombras dão-lhe uma aura inesquecível.
 

Unidos pela História - Olivença Juromenha e Alandroal (4 dias/ 3 noites) #2351
Programa | Olivença
Unidos pela História - Olivença Juromenha e Alandroal (4 dias/ 3 noites)
Um deslumbrante programa de 4 dias, em Terras dos dois lados do Guadiana e sempre com a presença dos nossos guias oficiais. Olivença com as marcas Portuguesas é um destino de visita obrigatório.
Desde €288,00 (pax)
  Adicionar à minha lista (3)
Cavalos de Alter, venha conhecer... (2 dias, 1 noite) #3291
Programa | Alter do chão, Alter do Chão
Cavalos de Alter, venha conhecer... (2 dias, 1 noite)
Alter do Chão é sobejamente conhecido pela sua Coudelaria, fundada em 1748 por D. João V, com vista à criação de cavalos de raça lusitana para a Picaria Real. Muito mais existe para conhecer em Alter do Chão, como o seu Castelo.
Desde €75,00 (pax)
  Adicionar à minha lista (3)
Portel, por terras do bom azeite... (3 dias, 2 noites) #2804
Programa
Portel, por terras do bom azeite... (3 dias, 2 noites)
Pelo Alentejo fazem-se dos melhores azeites virgens que chegam às nossas mesas. Portel é um dos exemplos, que comprova a excelente produção de Azeite no Alentejo.
Desde €151,00 (pax)
  Adicionar à minha lista (3)
Alcácer do Sal - Procissão fluvial nocturna anima Festival Sabores do Sado
A tradicional procissão fluvial nocturna, com dezenas de embarcações, vai ser o ponto alto do Festival Sabores do Sado, em Alcácer do Sal, entre os dias 18 e 20 de Julho.
Alandroal - Terras do Endovélico, um festival para promover a história da região
Até 13 de Julho, o concelho de Alandroal, recebe mais uma edição do Festival Terras do Endovélico. Um encontro que convida a fruir a natureza, com passeios no campo. Exposições, teatro e o seminário «Endovélico no século XXI», completam o programa.
Évora - O futuro da agricultura familiar debatido em terras alentejanas
«Potencialidades e dificuldades da agricultura familiar no Alentejo», «Boas práticas da agricultura familiar» e «Viabilidade da agricultura familiar» são os três temas em análise dia 9 de Julho em Évora no âmbito do seminário «Agricultura Familiar e Sustentabilidade dos Territórios Rurais».
Alentejo - Ponte de Sor promove artesanato, gastronomia e floresta
O Verão em Ponte de Sor é recebido todos os anos com as Festas da Cidade. Artesanato, gastronomia, música e um colóquio sobre a floresta integram o programa da iniciativa que decorre entre 4 e 8 de Julho.